MENU

domingo, 30 de novembro de 2014

Chaves: Corpo de Roberto Bolaños será velado no estádio Azteca

Ator que interpretou Chaves e Chapolin morreu na sexta-feira (28/11)
O corpo do ator e escritor Roberto Goméz Bolaños, eternamente famoso por seus personagens Chaves e Chapolin Colorado, será velado no estádio Azteca neste domingo (30) em cerimônia pública. Desde ontem (28), familiares e amigos estão velando o corpo na sede da televisão Televisa.
    O local poderá receber até 100 mil pessoas para a cerimônia de despedida, que será televisionada pela Televisa, no México, e pelo SBT. Bolaños morreu ontem, aos 85 anos, ao lado da família em Cancún.

As manifestações de carinho não param de chegar de todas as partes do mundo e até o presidente do México, Enrique Peña Neto, emitiu uma mensagem de condolências. Entre seus companheiros de programa, o ator Édgar Vivar (Senhor Barriga) disse "Roberto, não se vá, você permanece em meu coração e nos corações de todos aqueles a quem você levou alegria. Adeus ''Chavinho', até sempre".
Já a atriz Maria Antonia de lãs Nieves (Chiquinha) também emitiu uma mensagem agradecendo, mesmo que eles estivessem separados por um disputa judicial sobre os direitos dos personagens, "por ter feito tanta gente feliz e pelos maravilhosos momentos que compartilhamos no grupo".
    Rubén Aguirre (Professor Girafales) também se disse "arrasado" com a notícia e desejou condolências aos filhos de Bolaños "que viu crescer". (ANSA)

A dedicação aos seriados Chaves e Chapolin Colorado também rendeu um casamento para Bolaños

Roberto nasceu na Cidade do México em 21 de fevereiro de 1929. Filho de Francisco Gomez Linares e Elsa Bolaños Cacho, foi o segundo de três irmãos. Sua mãe era secretária e teve que criar os três filhos sozinha, já que o marido morreu quando Roberto ainda era muito pequeno. Mesmo ausente, o pai, um pintor, foi uma figura importante para aproximar Bolaños da arte.
Entre 1960 e 1965, era o roteirista de dois shows considerados tops na televisão mexicana: 'Comicos y Cancione' e 'El Estudio de Pedro Vargas'. Nesta época, ganhou o apelido de "Chespirito" do diretor Agustín Delgado. Trata-se de uma versão castelhana do nome Shakespeare para "Shakespearito", já que Bolaños tinha grande aptidão para criar boas histórias.
Em 1968, assinou um contrato com a recém-formada rede Televisión Independiente de México, que lhe deu 30 minutos na programação, com total autonomia. Neste espaço, estreou como escritor e ator em 'Los Supergenios de la Mesa Cuadrada', onde conheceu o grupo que viria a acompanhá-lo durante os anos seguintes e que seria um marco da televisão mexicana: Ramon Valdez, Ruben Aguirre, Florinda Mesa, Carlos Villagran, Angelines Fernandez, Edgar Vivar e Maria Antonieta de las Nieves. Com o sucesso, em 1970, a emissora concedeu espaço de uma hora nas noites de segunda-feira.

No programa, chamado 'Chespirito', ele fez a estreia de seus dois personagens mais queridos e conhecidos ao redor do mundo, Chaves, do original em espanhol El Chavo del 8, e Chapolin Colorado, do original El Chapulín Colorado. Os personagens se tornaram tão populares que a rede promoveu, para cada um, uma série semanal de 30 minutos. As aventuras de Chaves foram exibidas originalmente de 1971 a 1992. Já o Chapolin foi originalmente exibido entre 1970 e 1979.
A dedicação aos seriados Chaves e Chapolin Colorado também rendeu um casamento para Bolaños. Após 27 anos trabalhando juntos, ele se casou, em 2004, com a atriz Florinda Meza, que interpretava a Dona Florinda. Ele tem seis filhos do primeiro casamento, mas nenhum com Florinda.
O sucesso na televisão levou-o ao cinema, onde teve êxito com filmes como 'El Chanfle', 'Don Ratón y Don Ratero' o 'El Charrito'.  Em 1995, decidiu deixar as câmeras para dedicar-se ao teatro e ao seu trabalho como músico e escritor.
Bolaños ainda escreveu várias telenovelas, roteiros de cinema e um livro de poesia. Tornou-se mais ativo politicamente, fazendo campanha para determinados candidatos mexicanos e foi militante contra uma iniciativa para legalizar o aborto no México.
* Com informações do Portal Terra/JB

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Eletricista é assassinado no bairro São José (Vila Nova) em Itaituba

Na noite de ontem (25/11/14) por volta das 22 horas foi assassinado o eletricista Donizete Alves dos Santos, 42, residente na travessa João Pessoa, prox. a Avenida Nova de Santana. O acusado, Cléo da Rocha Lira, preso logo depois do crime, confessou o homicídio. Ele disse à PM que matou porque a vítima estaria ameaçando seu irmão, porém a companheira do acusado deu outra versão. A mulher disse que Donizete teria lhe dito xavecos lhe chamando de "gostosa" e o seu companheiro teria ficado sabendo e por isso teria cometido o crime.

Cleto que estava junto com o acusado, seu irmão, no momento do assassinato.
A família disse ter ouvido de pessoas que presenciaram o homicídio
que ele teria  contribuído para o homicídio.
a mulher que seria o pivô do crime, segundo o que ela informou em depoimento
Donizete foi morto de forma brutal com vária facadas. Ele estava com o informe da empresa e teria vindo por volta das dezoito horas de Miritituba, onde estaria trabalhando.
Segundo uma filha ele estaria em casa quando uma pessoa o chamou. Ela disse ainda que a família já vinha pedindo pra ele se afastar daquelas pessoas pois pressentiam que algo ruim iria acontecer, mas ele não atendia. Dizem que implorou por sua vida mas o seu algoz não atendeu.
O acusado disse que matou pra ele deixar de ser "saliente" e não demostrava nenhum remorso pelo crime cruel que cometeu.
Donizete, vítima, trabalhava numa empresa de construção que
 presta serviço a uma empresa instalada no porto de Miritituba.
Apesar de ser um homem trabalhador, teria problemas com o vício.

 
≤≥ Blog RPI /rota policial de Itaituba

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Mulher deixa filhos sozinhos durante a noite e vai parar no presidio em Itaituba

Na manhã de ontem (24/11) o  Conselho Tutelar recebeu uma denúncia de abandono de incapaz. A conselheira Klesimony Leal Silva foi até a residência da acusada e constatou o fato. Diante da recusa da senhora Gleiciane Barrozo da Costa de acompanha-la  até a delegacia, esta acionou a PM e pediu que fosse feita a condução da acusada para que fosse autuada por abandono de incapaz. Para piorar a situação de Geiciane, ela tratou a conselheira e o delegado com desdém, aborrecendo a equipe responsável por sua autuação. Visivelmente com sintomas de ter ingerido bebida alcoolica não se deu conta que pagaria caro por sua atitude, tanto de abandonar seus filhos menores de idade (crianças com menos de cinco anos) como de zombar daqueles que lhe prenderam. E acabou sendo autuada em flagrante e transferida na tarde de ontem para o presídio por não pagar a fiança arbitrada pelo delegado João Milhomem, já que o crime é afiançável.
 ≤≥ Blog RPI /rota policial de Itaituba

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Funcionário que instala portões ajuda menor a furtar moto de residência de empresário em Itaituba

Na noite de ontem o serviço Reservado da PM conseguiu recuperar a moto CB 300R, placa 0233 pertencente a Fernando Lucas, filho do empresário Querginaldo. A moto foi furtada de dentro residência do empresário por um menor de iniciais WPC. A surpresa do furto foi o fato de ter sido praticado em conluio de dois funcionários de uma serralheria que montaram um portão na casa. Segundo o menor e seu comparsa Miguel Ricardo Leite Florentin, que montou o sistema de abertura eletrônica do portão e programou para que ele atendesse a um controle que ele tinha para facilitar o furto, a ideia era de curtir com a moto. Há mais de quinze dias eles estavam de posse da moto enquanto o empresário pedia ajuda da população com informações para chegar até ela. Com a apreensão do menor ele declinou quem era seu comparsa e indicou onde ele morava. Ao ser abordado Miguel confessou o esquema que bolou em companhia do menor enquanto montavam o portão e fraudou o sistema de abertura ao inserir a autorização para abrir o portão para um controle que ele possuía.


 ≤≥ Blog RPI /rota policial de Itaituba

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Trairão: assassinato na madrugada

Por volta da zero hora de hoje um jovem conhecido por envolvimento com crimes, Edson Martins da Costa , vulgo "code" foi morto no município de Trairão. Até a manhã de hoje a polícia não tinha suspeitos do homicídio. A vítima foi atingida no peito por arma de fogo. Edson chegou a ser socorrido mas não resistiu ao ferimento e faleceu no hospital. Ele tinha passagens policiais por furto e tráfico. O tiro aparentemente teria sido de uma espingarda.
Com informações da PM de Trairão para o ≤≥ Blog RPI /rota policial de Itaituba
 

sábado, 15 de novembro de 2014

Polícia Militar chega a um dos acusados do assassinato do vigia da feira Livre da beira do rio-Itaituba

Segundo informações da equipe que fez a detenção de Ricardo Roso Domingues, acusado, após a apresentação, ele foi ouvido e reconhecido por Mayele Cristina Cardoso da Silva, mulher que estava no momento do espancamento da vítima e está presa por mandado de prisão temporária suspeita de ser partícipe e por mais duas testemunhas, porém, logo depois de ser ouvido pelo delegado Raphael, foi liberado por estar fora do flagrante. Além de Mayele se encontra preso no presídio de Itaituba um outro suspeito, Gilvan dos Santos indiciado como um dos que espancaram o vigia.
O pedido de prisão temporária de 30 dias foi feito pelo delegado Raphael Oliveira Ribeiro e decretada pelo juiz Sidney Pomar Falcão.

O serviço Reservado da PM de Itaituba vem investigando o assassinato do vigia da feira da orla ocorrido no dia 08/11 por volta das 03 horas (ele foi espancado 03 horas e faleceu por volta das 16 horas no HMI ) com as poucas informações prestadas por uma mulher que fazia programa com o vigia e suspeita de estar envolvida no crime. Uma das informações dadas por ela é que um dos assassinos usaria calcinha e seria conhecido por afrodita ou hermafrodita. Na noite de ontem para hoje a PM chegou até esse suspeito. Agora a mulher será confrontada com ele para que possa confirmar as informações dadas em depoimento.

O vigilante Marciano Pereira de Souza, 53 anos, foi morto na madrugada do sábado (08/11) por volta das 03 horas. Ele estava trabalhando na feira da beira do rio quando e estaria com uma soma de dinheiro de um consorcio que mantinha com alguns colegas da feira para sorteio quando foi atacado por três monstros que o espancaram covardemente




≤≥ blog RPI /rota policial de Itaituba

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Assassinato no bairro Santo Antônio em Itaituba

Na noite de ontem, por volta das 21h30, foi acionado o corpo de Bombeiros para atender uma ocorrência  de esfaqueamento na 28ª rua entre as travessa Raimundo Preto e São José, mas ao chegar ao local, foi constatado o óbito de Wamyton Jakiel, conhecido por "testinha", de 26 anos. Ele sofreu perfurações de arma branca, que foi localizada a aproximadamente 10 metros do local do crime. Um punhal enferrujado e longo que apresentava marcas de sangue. Pelo menos três perfurações, segundo o perito que verificou o corpo superficialmente ainda no local do crime. Segundo moradores das proximidades o local é visitado por viciados e que a vítima também fazia uso de entorpecente e álcool, vindo a dormir na rua, fato também ocorrido naquele dia. Provavelmente o jovem, que estaria bêbado, tenha sido furado enquanto dormia, não tendo nenhuma chance de se defender. A PM conduziu para a delegacia o jovem Jonas Vieira da Silva, 18 anos, que mora na casa ao lado da que estava a vítima, suspeito de envolvimento no caso.

 
 


≤≥ blog RPI /rota policial de Itaituba

Vigilante da feira da Beira Rio é morto a pauladas em Itaituba

O vigilante Marciano Pereira de Souza, 53 anos, foi morto na madrugada do sábado (08/11) por volta das 03 horas. Ele estava trabalhando na feira da beira do rio quando foi atacado por três monstros que o espancaram covardemente. Hospitalizado no HMI ele faleceu por volta das 16 horas do mesmo dia devido às lesões que sofreu na cabeça. A morte está cercada de mistérios. Uma jovem que, segundo pessoas que vivem pela área, tinha relações com o vigia em troca de dinheiro e que estaria com ele no momento do crime deu informações sobre os elementos que praticaram esse ato bárbaro, mas a polícia não conseguiu identificar nenhum deles. Existem suspeitas sobre essa jovem por ter ser  envolvimento com pessoas ligadas ao mundo do crime, inclusive a mãe dela já esteve várias vezes envolvida com o tráfico de drogas. Colegas do vigilante falaram que ele devia está com dinheiro de um consorcio que ele tinha com outros colegas da feira, onde havia uma coleta pra ser sorteado entre o grupo participante. Ela falou em depoimento que um dos assassinos tinha cabelo cacheado e um outro seria apelidado de afrodita. Disse ainda que esse tal cacheado teria dormido no dia anterior no "hotel" Pará (local onde habita muitos viciados em droga e álcool) 


sexta-feira, 7 de novembro de 2014

Dilma, presidente de todos


Dos 54 milhões de votos que recebeu. Também daqueles 37 milhões que não acompanharam a campanha da oposição que defendia a "mudança, já". Preferiram não votar talvez impressionados com a tentativa de desmoralização feita nos dois últimos dias de campanha. E também daqueles 51 milhões de eleitores que deram seus votos para a oposição. Com certeza, 1/3 ou 2/3 são aqueles que Aécio Neves diz não querer suas companhias em palanques - a direita da ditadura. Pois não são poucos.
Dilma quis dizer isso na sua entrevista: "Sou presidente de todos".
Como seria, aliás, a reação de qualquer brasileiro eleito. Brasileiro estadista aproxima o Norte do Sul, o Leste do Oeste, o Nordeste do Sudeste. O presidente do Brasil  não pode estar só preocupado com o mercado financeiro. Tem a obrigação de se preocupar com a Bolsa Família, com a Minha Casa, Minha Vida, com o ProUni, entre outros benefícios
Dilma jamais, como presidente eleita e patriota, poderia fazer um discurso ou governar só para um lado do Brasil. A oposição e os mais instruídos declaram que ela foi eleita pelos mais pobres, pela região mais sofrida. Para eles, estes não deveriam receber benefícios sociais. 
Os que mais precisam de proteção votaram em Dilma. Quem sabe eles mereçam não apenas os benefícios sociais, mas também os da própria governança.
(Jornal do Brasil)
 

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Assassino do jovem "boboya" é condenado a 18 anos de reclusão

foto: Facebook de Tadeu Pantoja
O homicídio de Antônio Rhaydson Feitosa Costa, 23 anos, o "Boboya" foi praticado no dia 22 de outubro de 2013, por volta das 21 horas e provocou uma grande aglomeração de pessoas nas proximidades do Hospital Municipal. No dia 21 de novembro foi divulgada pelo delegado Alexandro Napoleão a prisão do acusado Leandro Coelho no município de Oriximiná. Trazido para Itaituba, ele permanece preso até o julgamento, ocorrido ontem durante todo dia, saindo o veredito por volta 17h50, sendo o réu condenado  a 18 anos de reclusão em regime fechado. sendo deduzido o tempo que já está preso restaria em torno de 17 anos de cumprimento de pena. Porém existem benefícios que podem reduzir muito essa pena, dependendo do comportamento do preso e das atividades que realizar no cárcere. Se ele participar de um programa de trabalho terá a cada três dias trabalhados a diminuição de um dia, caso semelhante ocorre se estudar. Além da progressão de pena que o levará a liberdade antes de completar a pena.

 
 
 

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Governo confirma oito mortes após execução de PM

Cabo da Polícia Militar é morto no Guamá

Um cabo da Polícia Militar, identificado como Figueiredo, foi morto a tiros quando chegava em sua residência, na passagem Monte Sinai, próximo da rua Augusto Corrêa, no bairro do Guamá, em Belém. O homicídio ocorreu na noite desta terça-feira (04) e há indícios de que o militar tenha sido vítima de uma emboscada.
A violência do crime foi demonstrada na quantidade de disparos desferidos contra o cabo: cerca de 20 tiros. Figueiredo morreu na hora, dentro do carro que dirigia quando foi abordado.
Diversas viaturas da policia foram acionadas e partiram em busca dos suspeitos. Segundo informações, estariam escondidos no bairro da Terra Firme.
De acordo moradores do bairro, uma blitz foi montada e motociclistas e motoristas vem sendo parados para revistas, e vários tiros foram ouvidos em diversos pontos da cidade após o início da caçada aos criminosos.
A população permanece recolhida e assustada. 
 
Foram registradas oito mortes na noite desta terça-feira (04), segundo nota oficial do governo do Estado, divulgada na madrugada desta quarta-feira (05).
De acordo com a nota, o Centro de Perícias Científicas Renato Chaves (CPCRC) registrou quatro homicídios no bairro da Terra Firme e um homicídio nos bairros do Marco, Guamá, Jurunas e Sideral, respectivamente.
Sobre a suposta retaliação por causa da morte do cabo Figueiredo, a nota diz que ele "foi morto em circunstâncias ainda em investigação e não estava em serviço", mas que "os comandos de policiamento da capital foram acionados para identificação e captura dos criminosos."
Os oito corpos que deram entrada no CPCRC aguardam identificação e as mortes serão investigadas pela Divisão de Homicídios da Polícia Civil, na tentativa de confirmar ou não uma relação entre os crimes.
Ainda segundo a nota, o Comando Geral da Polícia Militar acionou a Corregedoria "para apurar quaisquer denúncias relativas aos casos" e "determinou reforço das equipes através do Comando de Missões Especiais e do serviço de Inteligência da Corporação."
SEM FUNDAMENTO
As informações compartilhadas nas mídias sociais foram consideradas sem fundamento pelo governo e, diante disso, o comandante geral da Polícia Militar, coronel Daniel Mendes, acionou o gabinete interinstitucional para monitoramento e controle da situação.
Além disso, a nota informa também que o Sistema de Segurança irá apurar, através da Corregedoria e da Inteligência, não apenas os homicídios, mas "os responsáveis pela disseminação e compartilhamentos de informações inverídicas que acabaram por gerar um ambiente de preocupação na população sem qualquer correspondência com a realidade."
 
O DOL fez outros questionamentos e aguarda resposta para maiores esclarecimentos.
(DOL com informações de Dinan Laredo/RBATV)

 

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

Polícia Militar prende elemento suspeito de roubos de celular em Itaituba

Os roubos de celular em Itaituba tem assustado os órgãos de segurança pública  devido o aumento de ocorrência nos últimos tempos. E a gama de assaltantes dessa modalidade também tem crescido. Ainda não se descobriu o destino de tantos celulares que foram roubados nos últimos meses. Mas é notório que estão surgindo muitos ladrões que ainda não eram conhecidos, dificultando a ação da polícia.
Na noite de ontem ocorreram mais roubos e a guarnição do sargento Araújo conseguiu prender por volta da 23h30 um suspeito que foi reconhecido por uma vítima. Thomas Bill o "orelha" foi preso quando relaxava no arraial da igreja Bom Remédio. A guarnição da PM prendeu "orelha" e encaminhou para a seccional, sendo flagranciado por roubo de aparelhos de celular.

≤≥ blog RPI

Mulher cai no golpe do "conto do paco" e perde 5 mil reias em Itaituba

Na tarde de sexta feira, por volta das 15 horas, a senhora Claudinélia Santos retirou a quantia de 5 mil reais que seriam usados paga efetuar pagamento de trabalhadores no Trairão, ela teria vindo a Itaituba para retirar essa quantia para seu marido que trabalha no ramo de madeira. Logo que saiu da agência do Bradesco seguiu em direção ao porto da balsa, mas não andou muito e se deparou com um golpe velho na praça. Um homem que seguia à sua frente deixou cair uns papeis e ela solicitamente e ingenuamente avisou que os papeis tinham caído. Um outro comparsa que seguia mais atrás recolheu os papéis e entregou ao seu sócio no golpe e este de imediato ofereceu uma recompensa para os dois, a mulher e ele. Ofereceu a quantia de 100 reais, mas foi colocado na mão da jovem senhora um pacote que parecia de notas de 100 reais e disseram que ela devia levar aquele dinheiro até um escritório ali perto para receber a recompensa. Ela disse à Polícia Militar que não queria aceitar mas foi convencida pelo homem que iria receber também um presente por devolver os documentos. E inexplicavelmente a senhora que acabara de sacar 5 mil reais foi convencida a confiar naquele desconhecido e entregar sua bolsa e ir até o tal escritório pegar o prêmio. Na delegacia ela disse que no meio do caminho se convenceu que estava sendo roubada e voltou correndo para pegar sua bolsa, mas o estelionatário já havia sumido e ela ficou na rua sem dinheiro se quer pra voltar para casa. Os Policiais Militares da guarnição que rondavam na área comercial fizeram buscas mas sem êxito, pois os larápios já haviam sumido. Em seguida levaram a mulher até a 19ª Seccional onde foi feito o BO. Para amenizar o desespero da mulher, os policiais ligaram para o marido dela e explicaram o que tinha acontecido. A polícia pede às pessoas que tenham atenção a esse tipo de golpe e avisem se forem importunados por alguém com algo parecido.  E ainda que está tentado encontrar esses espertalhões que estão atuando na cidade.
≤≥ blog RPI

sábado, 1 de novembro de 2014

"Cafuné" é morto a tiros na 34ª rua em Itaituba

Por volta das 19h10 foi alvejado com 4 tiros Cícero Fernando da Silva, 30 anos, por um homem ainda não identificado. O assassino chegou em uma moto com outro elemento, desceu, foi até "Cafuné" e efetuou os disparos que ceifaram a vida do velho conhecido do presídio de Itaituba, onde já esteve pagando por alguns de seus crimes, que são muitos. A Polícia Militar fez o isolamento do local até a chegada do IML, que periciou o local do crime e removeu o corpo para o centro de Perícias Renato Chaves.
 

≤≥ blog RPI