MENU

domingo, 26 de abril de 2015

Botafogo e Vasco jogam a decisão do Campeonato Carioca

Portal Terra

03/05/15
Foram 12 anos de espera para o torcedor vascaíno, mas neste domingo o clube cruzmaltino encerrou a seca de títulos do Campeonato Carioca contra o Botafogo, no Maracanã. Na partida de volta das finais do Estadual, os comandados de Doriva conseguiram nova vitória nos acréscimos e levaram a melhor por 3 a 1 na soma das duas decisões. Rafael Silva voltou a marcar e foi o herói do título, responsável pelos dois gols que resultaram na conquista da taça. Gilberto fez o gol que selou o placar, enquanto Diego Jardel descontou para os alvinegros.

Vasco marca nos acréscimos e acaba com vantagem do Botafogo

26/04
Parecia que o Botafogo levaria para a segunda partida da final do Campeonato Carioca o privilégio de jogar por um empate, mas o Vasco golpeou já nos acréscimos para acabar com a vantagem alvinegra neste domingo. Rafael Silva, aos 46min do segundo tempo, marcou o gol que deu aos cruzmaltinos a vitória por 1 a 0 no Maracanã, e a condição de jogar por uma igualdade no placar para ser campeão no próximo domingo.
Botafogo e Vasco disputaram o primeiro jogo das finais do Campeonato Carioca de 2015. O alvinegro de General Severiano precisa de apenas dois empates para levar a taça. Mas haverá disputa de pênaltis no próximo domingo (03/05) se cada time vencer um jogo pelo mesmo saldo de gols.
Analisando o histórico dos confrontos entre os dois clubes, as estatísticas chamam atenção. São dois tipos de freguesias, como se diz na gíria futebolística. Uma para cada lado.

No total de jogos, a vantagem do Vasco é impressionante: 133 vitórias, 93 empates e 85 vitórias do Botafogo.

Já em decisões ocorre o contrário. O Botafogo venceu todas as quatro finais do campeonato carioca que os dois times disputaram: 1948, 1968, 1990 e 1997. Além disso, conquistou três Taças Guanabara (1997, 2010 e 2013) e uma Taça Rio (2012) em cima do time cruz-maltino, e perdeu apenas duas taças GB para o Vasco (1965 e 1977).
Em 1948, o campeonato carioca era disputado por pontos corridos mas, por uma coincidência da tabela, as duas equipes se enfrentaram na última rodada, quando dividiam a liderança. Em General Severiano, o Botafogo não se intimidou diante do "Expresso da Vitória" e venceu por 3 a 1, com gols de Paraguaio, Braguinha e Otávio.

Vinte anos depois, aconteceu a mesma coincidência. Os dois times chegaram ao final da competição dividindo a liderança. No dia 11 de junho de 1968, sob uma forte chuva num Maracanã lotado com mais de 140 mil pessoas, o Botafogo venceu por 4 a 0, gols de Carlos Roberto, Rogério, Jairzinho e Gérson.

As duas últimas finais de Campeonato Carioca foram recheadas de polêmica. Em 1990, o Botafogo, chegou à decisão com o maior número de pontos na soma dos dois turnos. Venceu por 1 a 0, com gol de Carlos Alberto Dias. A diretoria do Vasco alegava que o alvinegro deveria jogar uma prorrogação. Depois que o time do Botafogo deu a volta olímpica com uma taça, o Vasco fez o mesmo, mas carregando uma caravela.

Em 1997, Vasco e Botafogo voltaram a decidir um estadual. A polêmica ficou por conta de Edmundo, que no primeiro jogo da final (vencida pelo Vasco por 1 a 0) deu uma reboladinha na frente do zagueiro alvinegro Gonçalves. No segundo jogo, o Botafogo venceu com um gol de Dimba. Na comemoração, o time inteiro do Botafogo deu o troco e também rebolou.

Dezoito anos depois, o clássico da amizade volta a decidir um estadual. O Botafogo, que está disputando sua oitava final de campeonato carioca das últimas dez, tenta ganhar pela quarta vez. Um título importante no ano em que luta para voltar à série A do campeonato brasileiro. O Vasco quer se livrar da incômoda sina de vice-campeão que o acompanha nos últimos anos e um jejum de 12 anos sem ganhar o Carioca. O último foi em 2003, quando venceu o Fluminense.
(Jornal do Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

colabore: envie seu comentario para o blog