MENU

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Buscas por piloto desaparecido continuam

Atualizado 17h00

Segundo informações divulgadas no inicio da tarde de hoje, o corpo do piloto "Celsinho" já foi encontrado.

O corpo do piloto Celso Gomes de Araujo, o Celsinho, de 40 anos, foi encontrado na manhã desta segunda-feira (11), informou a Polícia Civil, na tarde de hoje.
O corpo teria sido encontrado por indígenas, boiando no rio Curuá, a cerca de 20 quilômetros de onde os destroços do monomotor que a vítima pilotava foram encontrados.


Um dos mais experientes e antigos pilotos comercial da região sul do Estado está desaparecido depois que sua aeronave sumiu, no início da tarde de sábado (9) próximo à aldeia indígena Baú na região do município de Novo Progresso sul do Pará. Após 24 horas, soube-se que a aeronave caiu no rio Baú próximo ao rio Curuá. O piloto, conhecido por “Celsinho” continua desaparecido. Uma equipe de amigos do piloto, e colaboradores voluntários, seguiu para aldeia com quatro mergulhadores e equipamentos.
Segundo informações do local o experiente piloto “Celsinho”, segundos antes de cair avisou pelo rádio que estava com pane na aeronave. Na tarde de ontem, a equipe de buscas conseguiu encontrar a aeronave praticamente destruída. Dentro dela havia alguns pertences do piloto, como sapato e documentos. A aeronave estava sem as duas portas, apresentando a possibilidade de ter batido em uma arvore e caído dentro do rio. A aeronave estava de cabeça dentro d’água e uma equipe com balsa conseguiu, na tarde de ontem, retirá-la do rio.
O banco da aeronave se desprendeu junto com o cinto. Foram encontrados marca de sangue e cabelo, que podem ser do piloto. 

O local é de difícil acesso, três aldeias indígenas chegaram para ajudar nas buscas. Os indígenas estão dando total apoio à equipe com buscas pela mata também estão sendo feitas durante o dia e suspensas a noite.

SEXTO ACIDENTE

No aeroporto de Novo Progresso, o colega do piloto vitimado conhecido como Justino montou uma base de rádio frequência se comunicando com a aldeia Baú onde centraliza as buscas. A gravidade do acidente indica que a possibilidade de encontrar o piloto com vida é remota. Essa foi a sexta vez que “Celsinho” sofreu acidente aéreo.
(Diário do Pará)

o acidente aconteceu no sábado (09/05).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

colabore: envie seu comentario para o blog