MENU

terça-feira, 29 de setembro de 2015

BR 163 é fechada por qualquer motivo por falta de punição, até quando?

Atualizado
Por volta da das 11 da manhã do dia 29/09,  após ordem para que a PM desinterditasse a via de acesso ao porto da Bunge, os invasores saíram sem necessidade da ação de força. Os poucos invasores viram que não havia outra alternativa diante da situação. Com o livre acesso ao porto, a BR 163 também foi liberada pelos caminhoneiros.  


Desde a tarde de ontem que a BR 163 está interditada a 5 KM de Miritituba, provocando um grande engarrafamento, estando liberada apenas para a passagem de ambulâncias, cargas perecíveis e veículos da polícia. E o motivo dessa vez é quase engraçado, se não fosse a dor de cabeça que dar para quem precisa chegar ao seu destino. Caminhoneiros fecharam a estrada por conta de moradores de Miritituba estarem bloqueando o acesso ao porto da Bunge, exigindo que uma invasão que fizeram não seja despejada. E ainda estariam pedindo melhores condições na estrada que corta a invasão. Segundo informações do sargento José Araujo, que comanda o destacamento do distrito, mais de 400 caminhões estariam no bloqueio aguardando a solução do impasse.  Os caminhoneiros dizem que só liberam a BR 163 se os invasores liberarem o acesso ao porto. 
Uma verdadeira falta de ordem é o que vem acontecendo. Por causa de meia dúzia de aproveitadores a estrada foi fechada pelos caminhoneiros para ver se o Estado faz a retirada desses invasores. Bem que podia se aproveitar a oportunidade e fazer os dois serviços de uma vez. Desocupar o acesso ao porto e a terra invadida, submetendo esses invasores aos rigores da lei.
≤≥ Blog RPI  

Homem é preso por estupro de uma criança em Crepurizinho, distrito de Itaituba

Na noite de 27/09, por volta das 21 horas policiais do distrito de Crepurizinho, pertencente ao município de Itaituba, prenderam em flagrante Francisco do Santos, 38, acusado de estupro de uma garota de 8 anos. A denúncia partiu da esposa do acusado que teria sido flagrado por ela com a menina no colo praticando atos que configuram como estupro de vulnerável. Segundo o sargento Ezaquiel a vítima teria contado que esse fato já vinha se repetindo há algum tempo. A vítima é irmã da mulher do acusado. A apresentação foi feita no dia de ontem na 19ª Seccional de Itaituba e o acusando submetido ao flagrante na DEAM (delegacia da mulher). 

≤≥ Blog RPI

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Policial Militar é morto em Belém

O sargento José Furtado, da Polícia Militar, foi assassinado na noite desta sexta-feira (25), nas proximidades do canal do Tucunduba, no bairro da Terra Firme, em Belém. A informação foi confirmada pelo Instituto Médico Legal (IML) que deslocou uma equipe para a passagem Tucunduba entre Perimetral e travessa Barão do Triunfo. A suspeita da PM é que o policial da reserva possa ter sido vítima de latrocínio, já que a arma dele foi levada pelos suspeitos do crime. (DOL)

Invasores de área em Miritituba interditam acesso ao porto da Bunge

Desde a noite de ontem um grupo de pessoas que se denominaram de "sem teto", mas que na sua maioria são pessoas que desejam ganhar dinheiro de forma ilícita, se apoderando de terreno particular, para quem sabe, em breve arrecadar uma boa quantia vendendo esses terrenos, estão ocupando a estrada que dá acesso ao porto da empresa Bunge,  que é usado no transbordo de grãos de soja que vem em caminhões e levados a partir daqui de balsa. Segundo alguns integrantes do grupo eles exigem que a empresa melhore a estrada e também a permanência na área invadida. Eles alegam que o proprietário não teria apresentado documentação comprovando a propriedade da área.

≤≥ Blog RPI

Aposentados começam a receber primeira parcela do décimo terceiro

Cerca de 28 milhões de aposentados, pensionistas e demais segurados da Previdência Social começam a receber hoje (24) a primeira parcela do décimo terceiro. O pagamento ocorre até 7 de outubro.
Os primeiros a receber o décimo terceiro serão os beneficiários que ganham um salário mínimo com cartão de final 1, desconsiderando o dígito. Para quem recebe mais de um salário, a parcela começa a ser depositada em 1º de outubro. Segundo o Ministério da Previdência Social, o adiantamento injetará R$ 16 bilhões na economia.
Desde 2006, o décimo terceiro aos segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é pago em duas etapas. A primeira parcela não vem com o desconto do Imposto de Renda, que só incide na segunda parcela sobre todo o valor do décimo terceiro. Neste ano, a segunda parcela será paga de 24 de novembro a 7 de dezembro.
Inicialmente, a intenção da equipe econômica era pagar o décimo terceiro em três vezes - 25% em setembro, 25% em outubro e 50% no fim de novembro. No fim de agosto, no entanto, a presidenta Dilma Rousseff decidiu pagar integralmente a primeira parcela em setembro. O decreto que garantiu o adiantamento este mês foi publicado no último dia 4, no Diário Oficial da União .
Os beneficiários podem conferir as datas em calendário divulgado pelo Ministério da Previdência Social.
O adiantamento do 13º acompanha o calendário mensal dos benefícios Previdenciários e prossegue até o dia 7 de outubro.
O adiantamento do 13º acompanha o calendário mensal dos benefícios Previdenciários e prossegue até o dia 7 de outubro.
O adiantamento do 13º acompanha o calendário mensal dos benefícios Previdenciários e prossegue até o dia 7 de outubro.
Agência Brasil


terça-feira, 22 de setembro de 2015

Assassinato de suspeito de furtos na noite de Itaituba

Dilvan da Silva Pimentel, 35, conhecido por "latinha" que seria morador do bairro São José, foi morto com vários tiros na Rodovia Transamazônica, em frente a uma antiga madeireira, pertencente ao ex-prefeito Valmir Climaco. O crime ocorreu por das 19h45 e teve características de acerto de contas. 
≤≥ Blog RPI

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

El País: Ações da Volkswagen caem, após empresa admitir ter engando os EUA

As ações do grupo alemão Volkswagen chegaram a cair 20% nesta segunda-feira (21/9) na Bolsa de Frankfurt depois de ter vindo à tona na sexta-feira (18/9) que a empresa instalou em modelos a diesel um dispositivo para burlar os controles de poluição da agência dos EUA responsável pela proteção ambiental (EPA, sigla em Inglês).

As informações são do jornal El País.

Segundo o jornal espanhol, as ações da Volkswagen abriram o pregão com uma queda de 13%, o que se agravou nos estágios iniciais da manhã. Suas ações no índice Dax, que reúne as 30 maiores empresas alemãs foram negociadas a 130 euros, 162 a menos do fechamento de sexta-feira.

O presidente da empresa, Martin Winterkorn, admitiu os fatos em uma aparição no Frankfurt Auto Show na sexta-feira. "Pessoalmente, lamento profundamente ter desapontado os nossos clientes e o público", disse ele.

De acordo com o El País, a empresa também terá de pagar uma multa de até US $ 37.500 por veículo, o que poderia acarretar em um desembolso recorde de 18 bilhões de dólares (16 bilhões de euros), caso não cheguem a um acordo com as autoridades norte-americanas. Nenhuma empresa alemã pagou uma remuneração tão elevada até agora.

Diversas corretoras recomendaram a venda das ações após a notícia de manipulação dos carros, e a revista alemã Magazinr disse nesta segunda-feira que, como resultado do escândalo, a Volkswagen considera suspender a comercialização de modelos a diesel nos Estados Unidos.

Segundo o jornal, o governo alemão pediu segunda-feira às montadoras que forneçam informações com o objetivo de verificar se foi feito na Alemanha o mesmo que nos Estados Unidos. "Esperamos que os fabricantes forneçam informações confiáveis ??à autoridade competente para verificar se tem havido manipulações na Alemanha ou na Europa", disse o porta-voz Andreas Kübler do Ministério do Meio Ambiente. O porta-voz do Ministério dos Transportes havia dito horas antes não descartava a possibilidade de a Volkswagen ter práticas semelhantes em outros países europeus.

Como funciona a fraude

Autoridades americanas revelaram na sexta-feira que a Volkswagen teria implantado em 482 mil veículos vendidos nos Estados Unidos um sistema capaz de detectar quando eles estão sendo submetidos a testes sobre as emissões de gases poluentes. Este sistema tem um mecanismo interno de limitação de gases poluentes permitindo que o veículo passa no teste.

Depois de concluído os testes, o mecanismo antipoluição do veículo é desativado e gases poluentes são lançados na atmosfera, incluindo o dióxido de nitrogênio, associado a doenças respiratórias graves, como asma. O escândalo não só afeta a imagem do grupo alemão, como também poderá gerar uma multa milionária de até 18 bilhões de dólares.

A empresa manipulou o programa de computador instalado em 500 mil modelos a diesel da Volkswagen e da marca Audi, que foram vendidos entre 2008 e 2015. Os modelos são as versões de quatro cilindros do Jetta, Beetle, Golf e Audi 3 Passat. De acordo com um comunicado divulgado pela agência, esses modelos emitem 40 vezes mais poluentes do que o permitido. "É uma violação muito grave, é ilegal e uma ameaça para a saúde", disse o regulador.

No primeiro semestre deste ano, a Volkswagen ultrapassou a Toyota como fabricante do mundo, com 5,04 milhões de veículos vendidos no mundo. Em 2014 a empresa alemã vendeu 10,14 milhões de carros.
(Jornal do Brasil)

sábado, 19 de setembro de 2015

Asfalto para a rua do vereador em Itaituba


19/09

Vejam só essa notícia publicada no blog do Jornalista J parente, considerando que depois de percorrido metade do mandato da prefeita, e o único serviço relativo a asfalto que pode ser creditado a ela é aquele do governo que que foi feito em frente a casa executiva, que seria melhor usado em ruas mais úteis para a coletividade, agora mais essa! (RPI)

Farinha pouca, meu pirão primeiro.

Essa deve ter sido a lógica do vereador Dadinho (PROS), que conseguiu que a prefeita Eliene Nunes assumisse compromisso de asfaltar sua rua, a sexta do bairro da Floresta.

A rua onde o vereador mora, vai de lugar algum para lugar nenhum. Ou seja, não é prioritária. Pelo contrário, consegue ser secundária dentro do próprio bairro. Mas, o edil mora lá e pronto.

Enquanto isso, a Transgalego, que é fundamental para o escoamento do tráfego da cidade está em péssimas, condições. Ela corta três bairros, ligando a Marechal Rondon à Transamazônica, depois de passar pelos bairros da Liberdade, Floresta e São Francisco.

Outra de grande importância é a 23ª Rua, que liga a Transamazônica até a travessa Raimundo Preto, na qual até andar de bicicleta está difícil. Mas, a administração municipal não tem olhos para lá.

E assim caminha Itaituba, continuamente mal cuidada.

Postado por José Parente de sousa

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Soldado da Polícia Militar foi assassinado em Altamira

A Polícia Militar do Pará, por meio de Comando, Oficiais e Praças da Corporação, comunica com pesar o falecimento do soldado PM Antonio Edvan Costa, lotado no 16º Batalhão PM, sediado em Altamira, unidade integrante do Comando Regional de Policiamento de Altamira, na tarde desta quinta-feira, 17 de setembro de 2015 em circunstâncias que estão sendo apuradas pela Polícia Civil e pela Corregedoria da PMPA na região.

Edvan tinha 29 anos e estava prestes a completar 5 anos de ingresso nas fileiras da PMPA.
O soldado Antonio Edvan deixa família e amigos enlutados com sua partida precoce.
(PMPA)

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

STF proíbe doações de empresas para campanhas eleitorais


Por 8 votos a 3, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (17) declarar inconstitucionais as normas que permitem a empresas doarem para campanhas eleitorais. A decisão valerá a partir das eleições de 2016 e não invalida eleições passadas.

Votaram a favor da proibição o relator do caso, Luiz Fux, e os ministros Joaquim Barbosa, Dias Tofffoli e Luís Roberto Barroso (que votaram em dezembro de 2013); Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski (que proferiram voto em abril do ano passado); além de Rosa Weber e Cármen Lúcia, que votaram nesta quinta.

A favor da manutenção das doações por empresas, votaram somente Gilmar Mendes (em voto lido nesta quarta), Teori Zavascki, que já havia se manifestado em abril do ano passado, e Celso de Mello. Mendes havia pedido vista em dezembro de 2013.

Com a decisão do STF, a presidente Dilma Rousseff pode vetar trecho de uma proposta recém-aprovada pelo Congresso Nacional que permite as doações de empresas para partidos políticos. Se a nova lei for sancionada sem vetos, outra ação poderá ser apresentada ao STF para invalidar o financiamento político por pessoas jurídicas.

Na sessão desta quinta, o relator Luiz Fux relembrou seu entendimento sobre as doações por empresas, argumentando que a proibição levaria à maior igualdade na disputa eleitoral.

Os três últimos votos sobre a questão foram proferidos na sessão desta quinta-feira. O decano da Corte, ministro Celso de Mello, afirmou que as empresas podem fazer doações e defender seus interesses no Legislativo. No entanto, limites de contribuições são necessários para coibir abusos. “A Constituição não tolera a prática abusiva, o exercício abusivo do poder econômico”.

A ministra Carmen Lúcia votou contra a continuidade do financiamento privado de campanhas políticas. Para a ministra, a influência das doações desiguala a disputa eleitoral entre os partidos e internamente, pois o candidato passa a representar os interesse das empresas e não do cidadão em sua função pública.

Para a ministra Rosa Weber, o poder econômico das doações de empresas desequilibra o jogo politico. “A influência do poder econômico culmina por transformar o processo eleitoral em jogo político de cartas marcadas, que faz o eleitor um fantoche”.

A maioria dos ministros acompanhou o voto do relator, Luiz Fux, proferido no ano passado. Segundo o ministro, as únicas fontes legais de recursos dos partidos devem ser doações de pessoas físicas e repasses do Fundo Partidário, garantidos pela Constituição.

Pela regra atual, as empresas podem doar até 2% do faturamento bruto obtido no ano anterior ao da eleição. Para pessoas físicas, a doação é limitada a 10% do rendimento bruto do ano anterior.

Gilmar Mendes abandona plenário após desentendimento com Lewandowski

Nesta quarta-feira, o ministro Gilmar Mendes abandonou o plenário após se desentender com o presidente da Corte, Ricardo Lewandowski.

Em seu pronunciamento, Mendes criticou a OAB por ter entrado com a ação para proibir as doações de empresas. Segundo o ministro, a entidade criou uma articulação com o PT para que o Supremo mudasse a lei sem passar pelo Congresso. O ministro ainda afirmou que a OAB e o partido tentam envolver a Corte em uma conspirata.

Gilmar Mendes abandonou a parte final da sessão após se desentender com o presidente da Corte, Ricardo Lewandowski, quando o presidente deu a palavra ao representante da OAB, depois da proclamação do voto no qual Mendes se posicionou a favor do financiamento privado de campanhas políticas.
(Jornal do Brasil)

terça-feira, 15 de setembro de 2015

Morte de inquilino mobiliza órgãos de segurança em Itaituba

Por volta das 09h30 desta segunda, 14/09, foi encontrado o corpo de Arinelson Ramos da Silva, 38, que trabalhava em um lanche na orla da cidade. O corpo foi encontrado dentro do apartamento onde ele vivia sozinho há mais de um ano, localizado na travessa 13 de Maio, esquina a 3ª Rua do bairro Bela Vista. Segundo um amigo dele, desde a quinta feira que ele não era visto, quando teria participado de um jogo de futebol. O amigo disse ainda que teria ligado ontem o chamando para um jogo que ficou acertado, mas conseguiu não contato, descobrindo então a razão do silêncio do telefone. Durante o resgate do corpo apareceu uma mulher que conhecia a família de Arinelson. Ela disse que a mãe de criação do falecido reside em Paraná Miry e que iria avisá-la do ocorrido.



≤≥ Blog RPI

Homem sobrevive a facada que atravessou o corpo em Itaituba

Na tarde de domingo, 13/09, na praia do Sapo, no rio Tapajós, Alexandre Batista da Costa sofreu uma perfuração a faca que causou surpresa. Apesar da faca atravessar o corpo de Alexandre, ele foi socorrido é permanece vivo hospitalizado com a faca cravada atravessando pelas costas e saindo no pescoço. A equipe médica do hospital Municipal  decidiu não retirar a faca e encaminhar a vítima para Santarém, onde terá maiores chances de sobreviver, acredita a equipe médica. A polícia não conseguiu identificar, até o momento, o acusado, que seria conhecido por Carlinhos.

≤≥ Blog RPI

sábado, 12 de setembro de 2015

Polícia Militar recaptura foragido da justiça em Itaituba

Na manhã de hoje, 12/09, a guarnição do sargento Façanha, cabo Claudenes e soldado Clinton, com o apoio do Serviço Reservado, conseguiu recapturar Adriano da Silva, que havia saído no indulto da Semana Santa e não mais retornado. Adriano é oriundo de Alenquer, onde foi condenado a mais de 13 anos de reclusão pela prática de roubo seguido de morte da vítima. Ele já está de volta ao Centro de Recuperação de Itaituba, onde ficará aguardando o próximo indulto, se não for liberado antes, para ganhar a liberdade novamente.


≤≥ Blog RPI

segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Ladrão é dominado pela vítima durante assalto em Itaituba

Na sexta feira, por volta das 19h30, no bairro Bela vista, o ladrão conhecido por "babo" Maximo da Silva Bragança, nascido em 01/03/1982, ao tentar matar a vítima, que reagiu à tentativa de roubo, acabou sendo seguro por ela. O fato ocorreu na travessa são José, entre 18ª e 19ª ruas. Durante a tentativa de roubo a vítima reagiu e o ladrão tentou acertá-la com o revolver, mas por sorte a arma falhou por duas vezes. Então o comerciante conseguiu tirar a arma do ladrão, que foi dominado com a ajuda de populares e entregue aos policiais militares que o apresentaram na 19ª Seccional de Itaituba.


Contra babo já havia um mandado de prisão preventiva em decorrência de inquérito de outro crime. Também foi descoberto que nos últimos dias ele realizou diversos roubos, inclusive alguns onde ele usava uma farda da empresa Itacimpasa (CAIMA). A polícia diligenciou e encontrou esse fardamento que foi apresentado junto com o revolver com 05 munições, sendo uma deflagrada.

≤≥ Blog RPI

sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Ladrões levam mais de 10 mil reais de correspondente da Caixa da Cidade Alta em Itaituba

Na tarde de ontem, 03/09, ocorreram dois assaltos na cidade de Itaituba. O primeiro se deu no correspondente bancário da Caixa Econômica Federal, localizado na Oitava rua, próximo a próximo à travessa Justo Chermont, por volta das 14 horas, de onde os ladrões teriam levado em torno de 12 mil reais. Segundo as informações repassadas a Polícia Militar dois homens armados teriam anunciado o assalto, fugindo em seguida numa moto Titan de cor preta. O segundo assalto também praticado por dois homens armados, ocorrido por volta das 19 horas, foi a uma senhora que trabalha com pedras preciosas na Décima rua do bairro Bela Vista. Apesar de não encontrarem as pedras que procuravam, como se tivessem informação privilegiada, acabaram arrecadando uma quantia aproximada de 15 mil reais. Segundo os policiais as vítimas não viram semelhanças no assaltantes dos dois casos que levasse acreditar se tratarem dos mesmos criminosos. Apesar das imagens da loja financeira serem péssimas, como de costume nesses serviços de segurança oferecidos em Itaituba, onde se ver apenas vultos, o Serviço Reservado da PM está tentando chegar aos ladrões com as características repassadas pelas vítimas.
≤≥ Blog RPI

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

Edital da PM/PA deve sair no início de outubro

Um dos editais mais aguardados por concurseiros do Pará está prestes a sair. Segundo a Comissão Especial de Licitação da Secretaria de Estado de Administração (Sead), o documento deve ser publicado no início de outubro. 

O concurso da Polícia Militar terá o maior número de vagas já ofertadas na área de segurança: 2.195 para os níveis médio e superior. Sendo duas mil destinadas a soldados PM (CFSD/PM); 160 para oficiais combatentes (CFO/PM) e 34 vagas para oficiais PM (CADO/PM). O salário inicial para os praças é de R$ 2.836,80 e para os oficiais, de R$ 5.859,24.

A Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) é a empresa responsável pela organização do certame. No total, quatro empresas participaram do processo licitatório que fará seleção de candidatos ao Curso de Formação de Oficiais Combatentes PM (CFO/PM), ao Curso de Adaptação de Oficiais PM (CADO/PM) e ao Curso de Formação de Soldados PM (CFSD/PM).
(DOL)

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Itaituba: Lá vem o progresso

balsaNo oeste do Pará, a cidade de Itaituba concentra obras estratégicas para o governo federal, mas, diante da infraestrutura precária, seus moradores temem ficar fora da bonança do desenvolvimento.

Uma rua de terra divide as comunidades Vila Nova e Vila Caçula, sustentadas em cima de palafitas à beira do rio Tapajós, que banha a orla do município de Itaituba, no oeste do Pará. A reportagem da Pública se aproxima de duas casas para entrevistar seus moradores. Do alto das escadarias de madeira, eles negam. “A gente dá entrevista e nossa situação aqui não muda. Não vou falar”, diz um senhor de pele morena, cabelos brancos e óculos acompanhado da esposa, que também responde com um sonoro “não”.
clip_image002
O bairro de estrutura precária não tem água encanada e o esgoto, despejado no rio, corre por baixo das casas. Mas a situação não é exclusiva de Vila Nova e Vila Caçula. Não existe rede de tratamento de esgoto na cidade. Nas ruas do centro, as calçadas desreguladas fazem com que seja mais fácil caminhar pela rua. Ali, são raras as vezes em que se consegue completar uma ligação de celular. Em busca do prédio da prefeitura, a equipe de reportagem passou por quatro edifícios até descobrir que o órgão não possui uma sede.
Itaituba é a maior cidade da região do médio Tapajós, que deve receber nos próximos anos um conjunto de obras estratégicas para a economia nacional. Com a construção de estações de transbordo (que recebem os grãos de soja e milho para enviá-los aos portos em balsas), uma hidrovia e o asfaltamento de rodovias federais, o oeste do Pará se tornou um importante foco de atenção da indústria agropecuária. Ali se forma um dos corredores estratégicos para escoamento de grãos produzidos no Mato Grosso.
A essas obras soma-se o projeto de um complexo de sete hidrelétricas na região. Três no rio Tapajós, duas delas ligadas diretamente a Itaituba, e quatro no seu afluente Jamanxim. A mais avançada delas é São Luiz do Tapajós, com capacidade de 8.040 megawatts, prevista para ser construída a 65 km de Itaituba. Se os estudos de impacto da hidrelétrica forem aprovados pelo Ibama, órgão licenciador do projeto, o leilão da usina deve ocorrer ainda este ano. A previsão é que São Luiz custe R$ 30 bilhões. A segunda usina prevista para o Tapajós, a de Jatobá, também está em processo de licenciamento ambiental.
Mas enquanto os projetos avançam, o receio é que os benefícios do desenvolvimento passem à margem da cidade. Se construída, a hidrelétrica de São Luiz será a terceira maior do Brasil em potência. E, com pouca infraestrutura, Itaituba corre o risco de passar pela mesma situação que Altamira, onde está sendo construída a usina hidrelétrica de Belo Monte. Lá, a cidade vive o impacto das obras com o crescimento desordenado que provoca especulação imobiliária, problemas no atendimento à saúde e crescente violência.
“É uma situação que pra nós não sabemos se vai ser benéfica. Pro sul do Brasil vai. Pro centro-oeste vai. Mas e pra nós que aqui estamos?”, questiona Davi Menezes, 44 anos, presidente do Fórum de Entidades de Itaituba, órgão que reúne 22 instituições, como OAB, Associação Comercial, o Rotary Club e a Maçonaria. O Fórum surgiu com o objetivo de representar a classe empresarial de Itaituba frente à implantação dos projetos. Até agora a realidade não alcançou as expectativas. “Tem um empresário aqui que comprou quase 200 mil EPIs [Equipamentos de Proteção Individual]. Sabe o que ele vendeu? Nenhuma luva”, se indigna Menezes. “Ele preparou-se, com estoque, para vender para construção dos portos e não vendeu nada. Trouxeram tudo de fora”. Para ele, os interesses das grandes empresas que chegam à cidade se sobrepõem aos dos empresários locais.

TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULOS USADOS FICA MAIS SIMPLES


Um sistema para simplificar a venda de carros no Brasil e dar segurança a quem repassa seu carro usado para concessionárias e revendas multimarcas: este é o objetivo do Registro Nacional de Veículos em Estoque - RENAVE, que chega em 2016 para extinguir o livro físico de registro e viabilizar a escrituração eletrônica de movimento de entrada e saída de veículos em lojas de revenda de carros usados.

A formação de um banco de dados virtual facilitará o acesso a todos e combaterá a burocracia, eliminando etapas, barateando o processo de compra e venda de veículos, agilizando as transações e reduzindo gastos com trâmites burocráticos, ao eliminar registros físicos, partindo para um registro eletrônico único, feito no ato da venda.

O RENAVE permitirá o registro eletrônico do estoque das revendas, o comunicado eletrônico de venda do veículo, a eliminação da necessidade de transferência da propriedade dos veículos para a revenda e a certeza ao cidadão que entrega seu carro nos revendedores multimarca de que não será responsabilizado por eventuais multas ou quaisquer outras ocorrências.

A mudança também alcançará a venda de veículos novos, integrando a nota fiscal eletrônica e o Renavam, criando pras secretarias de Fazenda uma base de dados em tempo real de informações de veículos emplacados.

Pra completar, o governo pretende integrar bases de dados do Denatran, Detrans, Receita Federal e secretarias estaduais de Fazenda para, no futuro, organizar num só sistema toda a cadeia dominial do veículo, com dados que englobam desde a primeira venda até sua inutilização.
(DOL)