MENU

terça-feira, 20 de outubro de 2015

Assaltante de banco Cearazinho foi morto em confronto com a polícia


Um policial civil do estado do Pará foi baleado durante uma troca de tiros com um homem considerado um dos maiores assaltantes de banco da Região Norte do país. O caso ocorreu durante uma operação da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) e da Polícia Civil do Pará no município de Juazeiro do Norte, Interior do CE. O objetivo da Polícia era prender José Hamilton da Silva, o “Cearazinho”, mas a viatura descaracterizada, em que os agentes estavam, foi recebida a bala. Houve uma troca de tiros por volta das 21 horas desta segunda-feira, 19, horário da abordagem. De acordo com o titular da DRF, Raphael Vilarinho, duas equipes da delegacia especializada e uma do estado do Pará chegaram até a residência onde o suspeito estava, mas "Cearazinho" copiava a frequência da Polícia por meio de um rádio de comunicação (HT). "A gente chegou ao local onde eles se encontravam, mas ele viu que era a Polícia e meteu bala no carro onde os policiais estavam. Ele provavelmente foi baleado e fugiu para o mato", relatou. O aparelho de radiocomunicação foi apreendido e a Polícia procurava ainda armas que pudessem estar escondidas nas proximidades. O Comando Tático Rural (Cotar), do Batalhão de Choque (BPChoque), foi acionado para dar apoio e procurar o suspeito. Segundo Vilarinho, Hamilton possui treinamento de guerrilheiro pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que é uma organização guerrilheira com inspiração de esquerda, mas o Governo da Colômbia considera as Farc uma organização terrorista.
Histórico criminal
Há pelo menos 15 dias a DRF e a Polícia do Pará investigava "Cearazinho". Conforme Vilarinho, Hamilton possui 12 mandados de prisão, a maioria relacionados a assaltos a banco, roubo a carro forte e explosões. Conforme o delegado, apesar do apelido, o suspeito não é cearense e atua em todo o Brasil, sendo conhecido por praticar o assalto no estilo "Cangaço", quando a quadrilha sitia uma cidade armada de fuzis e armas de grosso calibre, faz reféns e foge atirando para causar pânico e temor na Polícia. Segundo a Polícia do Pará, ele é procurado em Rondônia, Acre, Pará, Amazonas e também teria cometido crimes em Mato Grosso, na Região Centro-Oeste, Maranhão e Ceará.
Crimes contra policiais
Segundo o portal Rondônia Agora, o grupo de "Cearazinho" é conhecido pela audácia contra a Polícia. No ano de 2008 o grupo dele baleou um cabo da Polícia Militar durante um assalto a banco. Em 2012 os assaltantes chegaram a invadir um quartel da Polícia Militar de Rondônia da localidade de Jacy, arrombaram os caixas da localidade e mataram um sargento da PM. Em janeiro de 2015, Hamilton fugiu da Casa de Detenção José MárVelho ives, conhecida como Urso Branco, em Porto Velho.
(O POVO Online)
* Cearazinho andou por Itaituba, onde mantinha uma casa para servir de ponto fe apoio. O grupo do assaltante chegou a trocar tiros com o serviço reservado, onde um PM acabou baleado no braço. Após o episódio o bandoconseguiu fuzir do cerco policial.




Blog RPI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

colabore: envie seu comentario para o blog