MENU

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Ladrões invadem casa de policial militar em Itaituba

Na terça feira, 29/09, ocorreram alguns roubos em Itaituba praticados por um quadrilha que movimentou a área policial. Por volta das 17h30, no loteamento do Irajá, os ladrões invadiram uma residência à procura de ouro. Não encontraram o que procuravam. mas além do terror que provocaram nas vítimas, levaram alguns pertences. Já por volta das 20 horas roubaram o empresário Roberto, da farmácia Santana, de quem roubaram celulares e certa quantia em dinheiro. E não parou por aí. Por volta das 21 horas no residencial Novo Paraíso, após desistirem de assaltar um comercio que fica próximo ao campo do Xavecão, adentraram numa casa de um policial militar. Ao chegar na frente da casa renderam parte dos moradores e entraram até o quarto onde estava o policial e o renderam também. Roubaram a arma do militar e saíram. Acontece que a presença deles já havia sido notada por outros policiais que moram naquela área que tem vários policiais. Dois policiais que estavam rondando no bairro à procura dos ladrões viram quando eles saiam da casa e tentaram detê-los, mas foram recebidos à bala. Os policiais revidaram e impediram que eles fugissem nas motos que andavam. Por ser uma área repleta de matagal os ladrões conseguiram fugir pelo matagal, apesar da operação dos policiais. Acredita-se que um dos ladrões tenha saído ferido. 

As motos deixadas para trás foram apresentadas na delegacia. E com os dados dos veículos se chegou ao comparsa dos ladrões que cedeu as motos para o assalto e consequentemente aos assaltantes. E não houve nenhuma surpresa quanto ao dono das duas motos usadas no assalto, pois vários assaltos já foram feitos com motos desse comparsa do crime em Itaituba. Lamentavelmente, apesar de ser de conhecimento público da serventia dessa locadora, nunca se fez nada para acabar com esse comercio de locação de moto para a prática de crimes diversos. Josivan Bezerra Nunes,  "pinico", dessa vez foi autuado por associação ao crime.
Também foi preso Gonçalves José da Cruz, 29, conhecido no  mundo do crime por "homin". Vale lembrar que "homin" e "pinico" são conhecidos desde criança, pois eram vizinhos na 14ª rua do Bela Vista.
A polícia estava ontem à procura de outro elemento que seria um dos integrantes do grupo criminoso. Edipo Rodrigues, "diabo loro" ainda não foi encontrado. 

≤≥ Blog RPI

Nenhum comentário:

Postar um comentário

colabore: envie seu comentario para o blog