MENU

domingo, 14 de dezembro de 2014

Fugitivo de Altamira foi preso pela PM em Trairão

Francinaldo Frade de Sousa, fugitivo da penitenciária de Altamira, é suspeito de integrar uma quadrilha que estaria nessa região com o intuito de praticar assaltos. A PM vinha há dias fazendo buscas ao bandido que foi preso no início da noite de hoje (14/12) e apresentado na Seccional de Itaituba, onde aguardará até a transferência para Altamira. 

sábado, 13 de dezembro de 2014

Policial militar é morto em assalto Belém-PA

Um policial militar foi morto na tarde desta sexta-feira (12), durante uma tentativa de assalto, na rua João Engelhardo, no bairro do Tapanã, em Belém. O soldado da PM foi identificado como Rômulo Alencar Lima da Costa Junior. 
“Três meliantes anunciaram o assalto e o soldado não parou o carro. Eles efetuaram os disparos e um deles atingiu a cabeça do policial, próximo ao olho. Em seguida eles fugiram”, diz o Subtenente Guerreiro, da Polícia Militar. 
O PM ainda chegou a ser levado para a Unidade de Saúde do Tapanã, mas já chegou sem vida ao local. 
A polícia já tem informações dos três suspeitos do crime. Viaturas fazem buscas pelo bairro do Tapanã.
(DOL)

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Carteira de Habilitação terá novo modelo a partir de julho de 2015

A Carteirbrasila Nacional de Habilitação (CNH) terá um novo modelo a partir de julho de 2015, com 28 dispositivos de segurança para impedir falsificação e adulteração. O motorista que tem o modelo atual não precisa trocar o documento. A nova carteira será obrigatória para a primeira permissão para dirigir emitida a partir desta data, para renovação e substituição do documento em casos como perda e roubo.
Com a mudança, a nova CNH passa a ter um número maior de dispositivos de segurança do que a atual. Entre eles está um código cifrado com informações criptografadas, que poderá ser lido por agentes de trânsito com o uso de aplicativos de celulares. Esse item vai facilitar a identificação de fraudes. Há também mudanças de segurança na impressão. O modelo anterior tinha cerca de 20 itens de segurança.
Os documentos do veículo, que são os certificados de registro e de licenciamento, também terão mudanças e vão contar com 17 dispositivos de segurança. o objetivo é evitar falsificações e fraudes no pagamento de licenciamento e Imposto de Propriedade de Veículo Automotor.
As mudanças não vão alterar muito a aparência dos documentos, nem aumentar o custo para os condutores e proprietários de veículos, diz o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).
O coordenador-geral de Informatização e Estatística do Denatran, Rone Evaldo Barbosa, explicou que os documentos precisam ser atualizados periodicamente com novos itens de segurança. A Carteira de Habilitação, por exemplo, não era atualizada há oito anos. Segundo Barbosa, os dispositivos vão coibir crimes e aumentar a segurança para o cidadão.
“As fraudes mais comuns são clonagem de veículos, evasão fiscal e fraudes contra seguradoras. De uma maneira geral, essa atividade também será coibida, uma vez que o infrator não conseguirá gerar os códigos de segurança que estarão no novo documento”, explicou Barbosa.
O novo modelo da habilitação foi elaborado durante discussões que envolveram órgãos como Denatran, Conselho Nacional de Trânsito, Polícia Federal, e departamentos estaduais de Trânsito.
(Agência Brasil)

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

ONGs se organizam para derrubar projeto que revoga Estatuto do Desarmamento

Representantes de organizações sociais prometem uma grande mobilização para amanhã (10) na Câmara dos Deputados. O grupo tentará evitar a aprovação do projeto de lei (PL 3.122/12), que regulamenta aquisição e circulação de armas de fogo e munições no país e revoga pontos polêmicos do Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/03).
Conhecida como Estatuto das Armas de Fogo, a proposta foi apresentada pelo deputado Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC). Peninha Mendonça argumenta que a redução de 90% no comércio de armas de fogo e munição pós-Estatuto do Desarmamento não refletiu na redução dos homicídios no Brasil.
Em 2004, nos dez meses de 2005 em que vigoraram as restrições à posse e ao porte de arma e durante a campanha de desarmamento, quando se recolheu, aproximadamente, meio milhão de armas, "os índices de homicídio nãoo sofreram redução”, destacou o parlamentar catarinense.
O deputado também citou números do Mapa da Violência 2011. Os dados revelam que, em 2003, foram registrados mais de 50 mil homicídios, “total semelhante ao verificado em 2004 e não divergente dos registrados nos anos seguintes”, completou Peninha Mendonça.
 
Segundo ele, a redução do comércio de armas de fogo e munição caiu 90% no país desde a promulgac a o do Estatuto do Desarmamento. Acrescentou que, dos 2,4 mil estabelecimentos especializados registrados pela Poli cia Federal no ano de 2000, sobraram 280 em 2008.
“A redução, comemorada de forma pueril por entidades desarmamentistas, não produziu qualquer diminuição nos índices de homicídio no país. Simples e óbvia, a constatação é que não é a arma legalizada que comete crimes, mas a dos bandidos, para os quais a lei de nada importa”, ressaltou.
A proposta de Peninha Mendonça reduz de 25 anos para 21 anos a idade mínima para porte de armas, retira a exigência de justificativa da Polícia Federal e amplia de seis para nove o número de armas de fogo por cidadão. O projeto também eleva a quantidade de munições permitidas anualmente. Passaria das atuais 50 por arma para 50 munições mensais, podendo atingir 5,4 mil munições por ano caso o comprador tenha o número máximo de armas.
Relator do texto, o deputado Claudio Cajado (DEM-BA) organizou, semana passada, um videochat para colher sugestões de setores da sociedade civil. Cajado já sinalizou que deve apresentar alternativa ao projeto. Entre outros pontos, ele quer manter em 25 anos a idade mínima para o porte. Organizações como o Instituto Sou da Paz resistem à tentativa de revogação do Estatuto do Desarmamento.
Diretor executivo do Instituto, Ivan Marques é contrário ao texto. Ele disse que um dos pontos mais graves é a mudança nas exigências para o porte. Além da retirada da justificativa, alerta para a exclusão das proibições de porte para quem tem antecedentes criminais ou sofre qualquer tipo de investigação. “É um gatilho muito perigoso”, salientou.
Para Marques, o maior problema é o aumento do número de armas. "Para quê colocar mais armas na mão do cidadão se ele já pode ter seis? O mesmo ocorre com as munições. Para quê tanta bala? Certamente não é para defesa pessoal, porque 5,4 mil munições é muito tiro”, questionou.
Outra crítica das organizações que apoiam o Sou da Paz é o fim dos testes períodicos de análise de capacidade para o portador de arma. Pelas atuais regras, todas as pessoas que têm porte precisam se submeter a exames a cada três anos. “O projeto elimina o teste. O cidadão compra uma arma, faz o teste uma vez, registra e não se preocupa mais com isto”, acrescentou Ivan Marques.

Caso o projeto seja aprovado, uma pessoa com 21 anos pode fazer as provas, que incluem testes psicológicos e análise pericial, para conseguir o porte. “Ele nunca mais vai precisar voltar para registrar ou dizer se ainda tem a arma. Não saberemos se a arma foi doada ou furtada”, avaliou o diretor do Sou da Paz.

Segundo ele, o esforço do grupo é para rejeitar o projeto ainda na comissão especial. O temor é que, com uma composição mais conservadora a partir do próximo ano, a Câmara aprove a proposta. “É um projeto ruim, que pode ficar por conta de uma composiçao mais conservadora. Se o projeto não for aprovado na comissão, ele é arquivado e, caso resgatado, tem de passar pela tramitação normal”, explicou.

Para atingir esse objetivo, os críticos têm apenas a arma do constrangimento, já que a maioria dos integrantes da comissão é a favor da revogação do Estatuto do Desarmamento.
(Agência Brasil)

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

PMs paulistas são afastados após fotos com mulheres nuas

Identificados como os autores das fotos com mulheres nuas e seminuas em cima de um carro da PM de São Paulo, dois policiais militares foram afastados por cinco dias, a partir desta quinta-feira (4), na Corregedoria da corporação.
Em nota, a PM afirma que um procedimento disciplinar foi aberto para analisar as condutas. O nome dos investigados não foi informado.
Uma das imagens que vazaram na internet na quarta-feira (3) mostram um policial fardado abraçado a cinco mulheres seminuas.
Em outra foto, três mulheres estão em pé na carroceria de uma camionete Mitsubishi da Polícia Militar. Duas delas estão sem a parte de baixo do biquíni.
A placa do veículo aparece coberta por peças de roupa, mas, em uma terceira foto é possível ver a inscrição "patrulha rural" na lataria da camionete.
Quando as imagens foram divulgadas, a Polícia Militar informou que, ao ser identificado, o policial responderia a um processo administrativo que poderia terminar em expulsão.
"Sendo identificado, o policial militar ambiental irá responder a um processo administrativo exoneratório que poderá acarretar sua expulsão da instituição", diz trecho do comunicado.
A corporação diz que "classifica como graves as condutas inicialmente visualizadas, o que motivou pronta e rigorosa apuração interna".
(Folhapress/DOL)

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Jovem é morto a tiros no residencial do Piracanã

Um jovem de 15 anos, Everton Silva Leonel, foi morto com, provavelmente, três tiros. Segundo um colega que presenciou o crime dois homens numa Fan preta efetuaram tiros contra o jovem que voltava numa bike de um comércio ali mesmo no residencial, quando foi alvejado pelas costas e caiu na frente da sua residência. Segundo a testemunha após caído a vitima foi alvejada na cabeça.
O serviço Reservado vem levantando dados para tentar identificar os assassinos que teriam ido a procura de um elemento conhecido por "Jardelzinho", que cometeria crimes naquela área. Pessoas que conheciam os dois acreditam que havia semelhança entre os dois e que tenham matado Everton por engano. Um dos criminosos, o que conduzia a moto estaria usando camisa preta e o carona que teria efetuado os disparos vestia uma camisa do Barcelona e short de time. A polícia tem dois suspeitos, sendo que uma testemunha teria reconhecido o matador, mas falta confirmar se esse bandido tido como o principal suspeito está em liberdade.

PM prende homem que usava redes sociais para fazer ameaça e incitar o crime contra PMs em Itaituba

Na manhã de hoje uma guarnição da Polícia Militar apresentou na 19ª Seccional Rafael Pablo Matos de Sousa por está divulgando mensagens na internet para incentivar ações criminosas contra PMs. Ele foi autuado em flagrante e responderá por incitação ao crime, ameaça e também deverá ser processado por danos morais, que poderá leva-lo a pagar indenização aos policiais que representarem contra ele na justiça. Na delegacia Rafael Pablo alegou que sua conta do face foi "rackeada" e que não foi ele que publicou as mensagens criminosas, mas não convenceu a autoridade policial.
Esse tipo de fato é comum na internet, basicamente entre pessoas que acham que esta seja uma terra sem lei e que por isso estão a salvo de punição e também por criminosos, pessoas com envolvimento com outras que já tiveram envolvimento com o crime ou com tendência ao crime. 
≤≥ Blog RPI /rota policial de Itaituba

domingo, 30 de novembro de 2014

Chaves: Corpo de Roberto Bolaños será velado no estádio Azteca

Ator que interpretou Chaves e Chapolin morreu na sexta-feira (28/11)
O corpo do ator e escritor Roberto Goméz Bolaños, eternamente famoso por seus personagens Chaves e Chapolin Colorado, será velado no estádio Azteca neste domingo (30) em cerimônia pública. Desde ontem (28), familiares e amigos estão velando o corpo na sede da televisão Televisa.
    O local poderá receber até 100 mil pessoas para a cerimônia de despedida, que será televisionada pela Televisa, no México, e pelo SBT. Bolaños morreu ontem, aos 85 anos, ao lado da família em Cancún.

As manifestações de carinho não param de chegar de todas as partes do mundo e até o presidente do México, Enrique Peña Neto, emitiu uma mensagem de condolências. Entre seus companheiros de programa, o ator Édgar Vivar (Senhor Barriga) disse "Roberto, não se vá, você permanece em meu coração e nos corações de todos aqueles a quem você levou alegria. Adeus ''Chavinho', até sempre".
Já a atriz Maria Antonia de lãs Nieves (Chiquinha) também emitiu uma mensagem agradecendo, mesmo que eles estivessem separados por um disputa judicial sobre os direitos dos personagens, "por ter feito tanta gente feliz e pelos maravilhosos momentos que compartilhamos no grupo".
    Rubén Aguirre (Professor Girafales) também se disse "arrasado" com a notícia e desejou condolências aos filhos de Bolaños "que viu crescer". (ANSA)

A dedicação aos seriados Chaves e Chapolin Colorado também rendeu um casamento para Bolaños

Roberto nasceu na Cidade do México em 21 de fevereiro de 1929. Filho de Francisco Gomez Linares e Elsa Bolaños Cacho, foi o segundo de três irmãos. Sua mãe era secretária e teve que criar os três filhos sozinha, já que o marido morreu quando Roberto ainda era muito pequeno. Mesmo ausente, o pai, um pintor, foi uma figura importante para aproximar Bolaños da arte.
Entre 1960 e 1965, era o roteirista de dois shows considerados tops na televisão mexicana: 'Comicos y Cancione' e 'El Estudio de Pedro Vargas'. Nesta época, ganhou o apelido de "Chespirito" do diretor Agustín Delgado. Trata-se de uma versão castelhana do nome Shakespeare para "Shakespearito", já que Bolaños tinha grande aptidão para criar boas histórias.
Em 1968, assinou um contrato com a recém-formada rede Televisión Independiente de México, que lhe deu 30 minutos na programação, com total autonomia. Neste espaço, estreou como escritor e ator em 'Los Supergenios de la Mesa Cuadrada', onde conheceu o grupo que viria a acompanhá-lo durante os anos seguintes e que seria um marco da televisão mexicana: Ramon Valdez, Ruben Aguirre, Florinda Mesa, Carlos Villagran, Angelines Fernandez, Edgar Vivar e Maria Antonieta de las Nieves. Com o sucesso, em 1970, a emissora concedeu espaço de uma hora nas noites de segunda-feira.

No programa, chamado 'Chespirito', ele fez a estreia de seus dois personagens mais queridos e conhecidos ao redor do mundo, Chaves, do original em espanhol El Chavo del 8, e Chapolin Colorado, do original El Chapulín Colorado. Os personagens se tornaram tão populares que a rede promoveu, para cada um, uma série semanal de 30 minutos. As aventuras de Chaves foram exibidas originalmente de 1971 a 1992. Já o Chapolin foi originalmente exibido entre 1970 e 1979.
A dedicação aos seriados Chaves e Chapolin Colorado também rendeu um casamento para Bolaños. Após 27 anos trabalhando juntos, ele se casou, em 2004, com a atriz Florinda Meza, que interpretava a Dona Florinda. Ele tem seis filhos do primeiro casamento, mas nenhum com Florinda.
O sucesso na televisão levou-o ao cinema, onde teve êxito com filmes como 'El Chanfle', 'Don Ratón y Don Ratero' o 'El Charrito'.  Em 1995, decidiu deixar as câmeras para dedicar-se ao teatro e ao seu trabalho como músico e escritor.
Bolaños ainda escreveu várias telenovelas, roteiros de cinema e um livro de poesia. Tornou-se mais ativo politicamente, fazendo campanha para determinados candidatos mexicanos e foi militante contra uma iniciativa para legalizar o aborto no México.
* Com informações do Portal Terra/JB

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Eletricista é assassinado no bairro São José (Vila Nova) em Itaituba

Na noite de ontem (25/11/14) por volta das 22 horas foi assassinado o eletricista Donizete Alves dos Santos, 42, residente na travessa João Pessoa, prox. a Avenida Nova de Santana. O acusado, Cléo da Rocha Lira, preso logo depois do crime, confessou o homicídio. Ele disse à PM que matou porque a vítima estaria ameaçando seu irmão, porém a companheira do acusado deu outra versão. A mulher disse que Donizete teria lhe dito xavecos lhe chamando de "gostosa" e o seu companheiro teria ficado sabendo e por isso teria cometido o crime.

Cleto que estava junto com o acusado, seu irmão, no momento do assassinato.
A família disse ter ouvido de pessoas que presenciaram o homicídio
que ele teria  contribuído para o homicídio.
a mulher que seria o pivô do crime, segundo o que ela informou em depoimento
Donizete foi morto de forma brutal com vária facadas. Ele estava com o informe da empresa e teria vindo por volta das dezoito horas de Miritituba, onde estaria trabalhando.
Segundo uma filha ele estaria em casa quando uma pessoa o chamou. Ela disse ainda que a família já vinha pedindo pra ele se afastar daquelas pessoas pois pressentiam que algo ruim iria acontecer, mas ele não atendia. Dizem que implorou por sua vida mas o seu algoz não atendeu.
O acusado disse que matou pra ele deixar de ser "saliente" e não demostrava nenhum remorso pelo crime cruel que cometeu.
Donizete, vítima, trabalhava numa empresa de construção que
 presta serviço a uma empresa instalada no porto de Miritituba.
Apesar de ser um homem trabalhador, teria problemas com o vício.

 
≤≥ Blog RPI /rota policial de Itaituba

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Mulher deixa filhos sozinhos durante a noite e vai parar no presidio em Itaituba

Na manhã de ontem (24/11) o  Conselho Tutelar recebeu uma denúncia de abandono de incapaz. A conselheira Klesimony Leal Silva foi até a residência da acusada e constatou o fato. Diante da recusa da senhora Gleiciane Barrozo da Costa de acompanha-la  até a delegacia, esta acionou a PM e pediu que fosse feita a condução da acusada para que fosse autuada por abandono de incapaz. Para piorar a situação de Geiciane, ela tratou a conselheira e o delegado com desdém, aborrecendo a equipe responsável por sua autuação. Visivelmente com sintomas de ter ingerido bebida alcoolica não se deu conta que pagaria caro por sua atitude, tanto de abandonar seus filhos menores de idade (crianças com menos de cinco anos) como de zombar daqueles que lhe prenderam. E acabou sendo autuada em flagrante e transferida na tarde de ontem para o presídio por não pagar a fiança arbitrada pelo delegado João Milhomem, já que o crime é afiançável.
 ≤≥ Blog RPI /rota policial de Itaituba