MENU

quinta-feira, 15 de junho de 2017

Desmoronamento de barranco mata dois garimpeiros soterrados em garimpo de Itaituba

Na manhã desta quinta feira (15) cinco garimpeiros foram vitimas do desmoronamento de um barranco num garimpo da região do Marupá, distante, aproximadamente, 580 km de Itaituba, sudoeste paraense. Três garimpeiros sofreram ferimentos leves e dois foram soterrados e não conseguiram se salvar. As vítimas fatais foram Ademir Vieira Barbosa, 39 e Wallace Lima Lopes, 31.


≤≥ Blog RPI

Mulher tem licença para matar o marido em Itaituba

No ultimo domingo (10) Rosane da Silva e Silva, 21, matou a facadas o marido Robson Barros de Matos, 25, e o delegado Conrado Wolfring se apressou em levantar a hipótese de legítima defesa com as informações que colheu no local. Segundo o delegado a acusada sofreria constantemente agressões do marido. Como não há registros na delegacia de Itaituba de queixa de Rosane contra o ex marido, ele levantou a hipótese de a suspeita ter medo de fazer denuncia, como se isto fosse razão suficiente para o delegado colocar a culpa da morte no morto. E para quem não se lembra, este é apenas mais um caso de mulher que mata o marido e não é presa ou é liberada logo após os procedimentos na delegacia. Mas isso não significa que os homens que matam fiquem presos por muito tempo. Quem não lembra do caso "bolão" que matou uma senhora e ficou poucos dias preso e liberado, passou a circular por itaituba como se não tivesse feito nada. Ou ainda do caso do advogado Dinho que depois de 13 anos terminou com o veredito, no tribunal do Júri, de inocente para o empresário Albenor. O certo é que vai preso é quem morre e a vida vale muito pouco perante as nossas leis e autoridades.
Rosane foi ouvida pelo delegado responsável pelo inquérito que apura o homicídio e assumiu o crime. Segundo as informações divulgadas a morte foi em decorrência de briga do casal e, ao meu ver, não tem nada de legítima defesa. Num momento de raiva ela esfaqueou o marido, mas não parece evidenciada a intenção da vítima de matar a esposa.
≤≥ Blog RPI

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Tragédia familiar: jovem é acusado de matar o irmão em Itaituba

Anderson e Leonel
Na noite de ontem (11) no residencial Piracanã um jovem matou o irmão durante uma bebedeira. Anderson Leonel Gentil dos Santos, 30, foi atingido na perna esquerda, afetando a femoral,  levando à morte, apesar do socorro médico. Com a perda de sangue ele não resistiu, morrendo logo ao dar entrada na emergência do Hospital Municipal de Itaituba. Emerson Leonel Gentil dos Santos, 23, foi preso em flagrante pela PM e submetido ao flagrante por homicídio.

O mês de junho chegou transformando nossa cidade  e região. Desde o 1º de junho várias desgraças vem se sucedendo, uma pior que a outra. Tivemos marido atirando na mulher e suicidando em seguida. Assassinato em Fordlândia e mulher acusada de matar o marido em Miritituba. Criança morrendo em garimpo da região possivelmente por violência. São tantos casos de desgraça que assusta.
≤≥ Blog RPI

domingo, 11 de junho de 2017

Mulher é suspeita matar o marido em Miritituba, Itaituba-Pa

Na madrugada de hoje (10) no distrito de Miritituba, Itaituba-Pá, um ato
de violência chamou a atenção. Robson Barros de Matos, 25, foi morto a facadas dentro da casa em que morava com a esposa,  Rosane da Silva e Silva, 21, que está foragida e é a principal suspeita do crime. A vítima estaria sob efeito de álcool e agressiva, provocando a ira da esposa.
Robson responde na justiça pelo crime de porte. Ele foi preso duas vezes no mês de abril por porte ilegal de arma de fogo no estado do Mato Grosso.
Robson é oriundo de Mato Grosso, da cidade de Colider e Rosane moradora de Miritituba.
 ≤≥ Blog RPI

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Morre Yure, vítima de baleamento em Itaituba



Morreu na manhã de hoje Yure Pirrony Brito, 35 anos, que foi vítima de 4 tiros na noite de segunda (5) na 14ª rua do bairro Bela Vista efetuados por uma dupla de motoqueiros.
Yure estava hospitalizado e devido a gravidade do estado clinico a equipe médica providenciou a transferência para Santarém, porém ele teria morrido ainda durante a viagem.


Yure muito conhecido em Itaituba, já havia se envolvimento com o mundo do crime quando foi preso acusado de fornecer a moto usada por uma quadrilha num roubo de moto que terminou com a morte do dono da moto, o mecânico Flávio Batista Vasconcelosem 2012.
≤≥ Blog RPI