MENU

sábado, 25 de outubro de 2014

Ibope, votos válidos: Helder tem 50% e Jatene, 50% no PA

Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (25) aponta os seguintes percentuais de votos válidos na corrida para o governo do Pará:
- Helder Barbalho (PMDB): 50%
- Simão Jatene (PSDB): 50%
Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

A pesquisa foi encomendada pela TV Liberal.
No levantamento anterior, divulgada no dia 18 de outubro, Helder aparecia com 52%, e Simão Jatene, 48%.
Segundo o Ibope, os candidatos estão empatados tecnicamente dentro da margem de erro, de três pontos.

Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
- Helder Barbalho (PMDB): 47%
- Simão Jatene (PSDB): 47%
- Branco/nulo: 4%
- Não sabe/não respondeu: 2%
O Ibope ouviu 812 eleitores em 42 municípios do estado de 21 a 23 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob registro nº PA-00054/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo no BR-01182/2014.
1º turno
No primeiro turno, Helder teve 49,88% dos votos válidos e Jatene, 48,48%

Ibope, votos válidos no PA: Dilma tem 57%, Aécio, 43%

Do G1 PA  
Pesquisa Ibope divulgada neste sábado (25) aponta os seguintes percentuais de votos válidos na corrida presidencial apenas com eleitores do Pará:
- Dilma Rousseff (PT) - 57%
- Aécio Neves (PSDB) - 43%

Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.
A pesquisa foi encomendada pela TV Liberal.
No levantamento anterior, divulgada no dia 18 de outubro, Dilma Rousseff aparecia com 56%, e Aécio, 44% dos votos válidos.
O Ibope ouviu 812 eleitores em 42 municípios do estado de 21 a 23 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob registro nº PA-00054/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo no BR-01182/2014.
≤≥ blog RPI

Ibope: Dilma tem 53% e Aécio, 47% dos votos válidos

Da Agência Brasil
A um dia do segundo turno, pesquisa Ibope divulgada hoje (25) mostra a candidata do PT à reeleição, Dilma Rousseff, com 53% das intenções de votos, e Aécio Neves, do PSDB, com 47%, considerando os votos válidos (excluindo-se os brancos, nulos e indecisos). A pesquisa tem margem de erro de dois pontos.
No levantamento anterior, feito na última quinta-feira (23), Dilma tinha 54% e Aécio, 46% dos votos válidos.
Considerando os votos totais, Dilma tem 49% das intenções de voto e Aécio, 43%. Votos brancos e nulos somam 5%. Eleitores indecisos ou que não responderam somam 3%.
A pesquisa foi encomendada pelo jornal O Estado de S.Paulo e pela TV Globo. O Ibope ouviu 3.010 eleitores nos dias 24 e 25 de outubro em 206 municípios. O nível de confiança é 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01195/2014.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

'Darei minha resposta à 'Veja' na Justiça', diz Dilma

Jornal do Brasil

 
Nesta sexta-feira (24), último dia de propaganda política, a candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, criticou reportagem da edição antecipada da revista Veja, que afirma que a presidente e Luiz Inácio Lula da Silva tinham conhecimento sobre os desvios de dinheiro realizados na Petrobras.
De acordo com a reportagem, a afirmação de que os dois teriam conhecimento dos desvios teria partido do doleiro Alberto Youssef. Ainda segundo a reportagem, "o doleiro não apresentou – e nem lhe foram pedidas – provas do que disse. Por enquanto, nesta fase do processo, o que mais interessa aos delegados é ter certeza de que o depoente atuou diretamente ou pelo menos presenciou ilegalidades".
"Eu gostaria de encerrar a minha campanha na TV de outra forma, mas não posso me calar frente a esse ato de terrorismo eleitoral articulado pela revista Veja e seus parceiros ocultos, uma atitude que envergonha a imprensa e agride a nossa tradição democrática", disse Dilma na propaganda política. "Sem apresentar nenhuma prova concreta e mais uma vez baseando-se em supostas declarações de pessoas do submundo do crime, a revista tenta envolver diretamente a mim e ao presidente Lula nos episódios da Petrobras que estão sob investigação da Justiça", prosseguiu.
"Todos os eleitores sabem da campanha sistemática que essa revista move há anos contra Lula e contra mim, mas dessa vez a Veja excedeu todos os limites", defendeu-se a presidente. Ela lembrou de outras edições em que a revista insinuava que ela "poderia ter sido omissa na apuração dos fatos". "Isso já era um absurdo, isso já era uma tremenda injustiça. Hoje, a revista excedeu todos os limites da decência e da falta de ética, pois insinua que eu teria conhecimento prévio dos malfeitos na Petrobras e que o presidente Lula seria um dos seus articuladores", disse.
"A revista comete esta barbaridade, esta infâmia contra mim e Lula sem apresentar a mínima prova, isso é um absurdo, isso é um crime. É mais do que clara a intenção malévola da Veja de interferir de forma desonesta e desleal nos resultados das eleições, a começar pela antecipação da sua edição semanal para hoje, sexta-feira, quando normalmente chega às bancas no domingo", apontou Dilma. "Como das outras vezes, a Veja vai fracassar no seu intento criminoso, mas dessa vez, ela não ficará impune. A Justiça livre deste País seguramente vai condená-la por este crime. O povo brasileiro tem maturidade suficiente para discernir entre a mentira e a verdade", anunciou.
Dilma afirmou ainda que "a consciência livre da Nação não pode aceitar que mais uma vez se divulguem falsas denúncias no meio de um processo eleitoral em que o que está em jogo é o futuro do Brasil" e que "o povo vai responder a Veja e seus cúmplices nas urnas". E completou: "Eu darei a minha resposta a eles na Justiça".  A atriz que fala na propaganda após o discurso de Dilma afirma que "a cartada desesperada da Veja está na cara", antes de anunciar as pesquisas com Dilma na liderança da corrida presidencial.
O advogado do doleiro, Antônio Figueiredo Basto, se mostrou surpreso com a reportagem da Veja : “Eu nunca ouvi nada que confirmasse isso (que Lula e Dilma sabiam do esquema de corrupção na Petrobras). Não conheço esse depoimento, não conheço o teor dele. Estou surpreso”, afirmou Basto. “Conversei com todos da minha equipe e nenhum fala isso. Estamos perplexos e desconhecemos o que está acontecendo. É preciso ter cuidado porque está havendo muita especulação”, alertou o advogado.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Dilma amplia a vantagem sobre Aécio, segundo Ibope e Datafolha

Pesquisa Ibope divulgada nesta quinta-feira (23) na corrida para a Presidência da República mostra Dilma Rousseff (PT) com 54% dos votos  válidos. Aécio Neves (PSDB) aparece com 46%. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S. Paulo".
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
- Dilma Rousseff: 49%
- Aécio Neves: 41%
- Branco/nulo: 7%
- Não sabe/não respondeu: 3%
No levantamento anterior, divulgado no dia 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%.
O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 203 municípios entre os dias 20 e 22 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01168/2014.
Datafolha dá Dilma com seis pontos de vantagem
Já a pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (23) mostra Dilma com 53% e Aécio Neves, com 47% A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "Folha de S. Paulo".
A presidente tem uma vantagem inédita sobre Aécio Neves (PSDB) no segundo turno da eleição presidencial, que mostra a trajetória ascendente da candidata.
No levantamento anterior, divulgado no dia 22, Dilma tinha 52%, e Aécio, 48% dos votos válidos.
Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
- Dilma Rousseff: 48%
- Aécio Neves: 42%
- Em branco/nulo/nenhum: 5%
- Não sabe: 5%
O Datafolha ouviu 9.910 eleitores em 399 municípios nos dia 22 e 23 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01162/2014.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Dilma lidera, segundo Datafolha, corrida ao Palácio do Planalto

Datafolha: Dilma tem 52% dos votos válidos e Aécio, 48%

Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) para a corrida presidencial mostra que a candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PMDB), ultrapassou numericamente Aécio Neves (PSDB) nesta reta final de campanha. Dilma tem 52% dos votos válidos e Aécio, 48%. No levantamento anterior, realizado entre os dias 14 e 15, Aécio tinha 51% e Dilma, 49%, o que mostra a escalada ascendente da petista e a tendência descendente do tucano.
Votos totais
Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
- Dilma Rousseff - 46%
- Aécio Neves - 43%
- Brancos e nulos: 5%
- Indecisos: 6%
O Datafolha ouviu 4.389 eleitores nesta segunda-feira. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-01140/2014.
≤≥ blog RPI

Mais dois envolvidos no caso do roubo ao "Boteco do Fabão" são presos pela PM

IMG-20141019-WA0005IMG-20141019-WA0010IMG-20141020-WA0000
Na noite do sábado (18) a Polícia Militar recebeu uma ligação de um homem que queria devolver duas armas, pois estava com medo de se ver envolvido num roubo que aconteceu dia 13/10 ao dono bar do “Fabão”. O serviço reservado da PM montou uma campana próximo a residência, pois suspeitava os donos das armas iriam tentar reaver as armas. E lograram êxito naquela noite. Além de dois revólveres apreendidos, foram pelo GTO dois suspeitos, Tiago Ribeiro dos Santos e Lucenilson Diniz Pereira, de participação naquele roubo e de estarem se preparando para novos crimes. Segundo o dono da residência onde as armas estavam escondidas, as armas teriam sido escondidas na casa por sua empregada que teria um caso amoroso com o principal envolvido no roubo, Valmir, conhecido por branco. Os dois foram apresentados na 19ª Seccional e o delegado José Dias Bezerra deverá pedir a prisão preventiva dos acusados, por já estarem fora do flagrante.
≤≥ blog RPI/Rota Policial de Itaituba

CNT/MDA: Dilma tem 45,5% e Aécio, 44,5%

Jornal do Brasil
Pesquisa CNT/MDA de intenções de voto na eleição para a Presidência da República, divulgada nesta segunda-feira (20), mostra a candidata Dilma Rousseff (PT) com 45,5%, enquanto o candidato do PSDB, Aécio Neves, soma 44,5% no levantamento estimulado. Branco/nulo soma 5,7% e não sabem, 4,3%. Com margem de erro de 2,2 pontos percentuais, adversários estão em empate técnico.
De acordo com o levantamento, Dilma tem 50,5% dos votos válidos, contra 49,5% de Aécio. A pesquisa foi realizada nos dias 18 e 19 de outubro, e ouviu 2.002 pessoas, em 137 municípios de cinco regiões de país. A pesquisa foi registrada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sob o número BR - 01139/2014.
Na pesquisa de votos espontâneos, Dilma aparece com 43,8%, Aécio com 42,1%, branco/nulos, 6,1%, e não sabem, 8%
≤≥ blog RPI 

domingo, 19 de outubro de 2014

Ibope, votos válidos: Dilma tem 56% e Aécio, 44%, no Pará

Do G1 PA

Pesquisa Ibope divulgada sábado (18) aponta os seguintes percentuais de votos válidos na corrida presidencial apenas com eleitores do Pará:
- Dilma Rousseff (PT) - 56%
- Aécio Neves (PSDB) - 44%
A pesquisa foi encomendada pela TV Liberal.
Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.

O Ibope ouviu 812 eleitores em 43 municípios do estado de 14 a 16 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob registro PA-00052/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo no BR-001121/2014.

Ibope aponta vitória de Helder ao governo do Pará

Ibope, votos válidos: Helder tem 52% e Jatene, 48% no PA

Do G1 PA
 
Pesquisa Ibope divulgada ontem, 18/10, aponta os seguintes percentuais de votos válidos na corrida para o governo do Pará:
- Helder Barbalho (PMDB): 52%
- Simão Jatene (PSDB): 48%
Para calcular esses votos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.
A pesquisa foi encomendada pela TV Liberal.
É o primeiro levantamento divulgado pelo instituto no segundo turno da eleição para governador do PA.  Segundo o Ibope, os candidatos estão empatados tecnicamente dentro da margem de erro, de três pontos.
Votos totais Se forem incluídos os votos brancos e nulos e dos eleitores que se declaram indecisos, os votos totais da pesquisa estimulada são:
- Helder Barbalho (PMDB): 48%
- Simão Jatene (PSDB): 45%
- Branco/nulo: 3%
- Não sabe/não respondeu: 4%
O Ibope ouviu 812 eleitores em 43 municípios do estado de 14 a 16 de outubro. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de três pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral do Pará sob registro PA-00052/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral sob protocolo no BR-01121/2014.
Rejeição O Ibope perguntou em qual candidato o eleitor não votaria de jeito nenhum. Veja os números:
Simão Jatene - 40%
Helder Barbalho - 37%
Poderia votar em ambos - 16%
Não sabe/não respondeu - 8%
Expectativa de vitória
O Ibope também perguntou aos entrevistados quem eles acham que será o próximo governador, independentemente da intenção de voto. Para 52%, Helder Barbalho sairá vitorioso; 38% acreditam que Simão Jatene ganhará; 10% não sabem ou não responderam.
1º turno
No primeiro turno, Helder teve 49,88% dos votos válidos e Jatene, 48,48%