MENU

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Agentes da Força Nacional ameaçam abandonar Rio durante Olimpíadas

Militares da Força Nacional denunciaram, nesta quarta-feira (13), o atraso no pagamento de diárias e as más condições de moradias no local em que estão alojados, em Anil, Jacarepaguá. Os agentes, que vieram de diferentes lugares do Brasil, estão no Rio para reforçar a segurança para as Olimpíadas. Eles pediram a solução dos problemas até sexta-feira (15). Caso contrário, eles devem pedir baixa e voltar para seus estados de origem.
A situação de policiais e bombeiros da Força Nacional envolve banheiro sem chuveiro, quarto sem cama, falta de água e de luz. Eles alegam que tiveram de pagar, do próprio bolso, a instalação de tomadas, lâmpadas e outros equipamentos nos apartamentos do condomínio do Minha Casa Minha Vida, na zona oeste do Rio. Os policiais e bombeiros também fazem críticas à alimentação que estão recebendo. Além da repetição do cardápio, as quentinhas estariam vindo azedas.
No local, estão alojados 3 mil servidores da Força. Outros 3 mil ainda vão chegar à cidade para os Jogos Olímpicos. Os agentes serão responsáveis pela segurança no interior das arenas e no entorno dos locais em que terá competição.
O Ministério da Justiça e Cidadania informou, por nota, que estão sendo feitos os ajustes necessários nos apartamentos. Sobre os atrasos nas diárias, o órgão garante que o depósito dos recursos já foi totalmente feito.
Reajuste 
O protesto dos agentes parece ter surtido efeito. De acordo com o colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, o valor da diária paga aos agentes será reajustado em 150%. O decreto do Ministério da Justiça deve ser publicado no Diário Oficial da União nos próximos dias. De R$ 220, o valor vai passar para R$ 550. Em um mês de trabalho, cada soldado pode receber em torno de R$ 16 mil.
(Jornal do Brasil)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

colabore: envie seu comentario para o blog